Toda equipe precisa de um líder. Ele é o responsável por gerenciar as capacidades de cada um, integrar as atividades realizadas separadamente e motivar o seu pessoal a trabalharem por um objetivo em comum. Sua visão ampla permite que guie as ações para que a empresa conquiste melhores resultados. No entanto, liderar não depende apenas de competências técnicas. As características comportamentais corretas são essenciais para o sucesso do profissional e da empresa.

Para traçar o perfil de comportamento do profissional pode-se utilizar a metodologia DISC, que mapeia as características de dominância, influência, estabilidade e conformidade. O que poucas empresas sabem é que esse método possui um relatório especificamente voltado para medir as habilidades de liderança. Deste modo, é mais fácil avaliar se determinado profissional é ou não compatível com uma vaga de gestão aberta na organização.

“As análises de perfil devem ser utilizadas para toda e qualquer contratação, porque cada pessoa possui um perfil que será compatível com determinado cargo. Se a empresa tiver o cuidado de avaliar não somente o conhecimento específico para o cargo, mas também a parte comportamental que ele exige, o retorno do seu investimento na contratação tem uma probabilidade de sucesso muito maior”, explica a diretora da Carreira Muller, Rita Grego.

O relatório voltado para as habilidades de liderança analisa fatores específicos, como possíveis pontos fortes e fracos do líder, comunicação geral, estilo de tomada de decisões, estilo de apresentação, administração, planejamento e resolução de problemas, cumprimento de prazos e gestão do tempo, entre outros fatores. Ao final, o documento ainda sugere pontos que podem ser melhorados com treinamentos, para que o profissional desenvolva suas competências de liderança de acordo com o que demanda o seu perfil.

Ainda de acordo com Rita, nem sempre o profissional que desempenha bem o seu trabalho é a pessoa mais indicada para assumir a liderança, por isso é importante que no momento de considerar a promoção para um cargo de liderança o seu perfil psicológico seja traçado. “Muitas empresas promovem por conta das habilidades técnicas e depois têm que dispensar o indivíduo devido à falta de liderança. Como não é possível que a pessoa retorne ao cargo anterior, perde-se duas vezes: o técnico e o líder”, avalia a profissional.

A análise de perfil voltada para a liderança permite não apenas o resultado financeiro, devido à eficiência e a redução de turnover, como também um ganho com a harmonia no ambiente de trabalho.

Conheça mais sobre a metodologia DISC e tenha sucesso em suas contratações e promoções, na liderança e em qualquer outro cargo!

Por Rita Grego

A Desenvolver RH é consultoria de recursos humanos, focada nos processos de seleção de efetivos e estagiários. Atuamos como parceiros de RH em Porto Alegre e região Metropolitana.
Para maiores informações sobre a Desenvolver RH, visite nosso site: www.desenvolver-rh.com.br
Para visualizar nossas oportunidades, curta nossa pagina no Facebook: https://www.facebook.com/Desenvolver/

Leave A Comment